Giovana Sobania, Julia Parente, Isadora Junckes e Sandra Werner são as campeãs brasileiras amazonas

In RODEIOS e MONTARIAS
Giovana Sobania, Julia Parente, Isadora Junckes e Sandra Werner são as campeãs brasileiras amazonas 41

Quase 291 cavalos exclusivamente conduzidos por Amazonas disputaram o título Brasileiro no Clube Hípico de Santo Amaro e na categoria principal deu o puro sangue inglês e lusitano com Giovana Sobania, parceira top de 8 anos e das mais velozes no circuito nacional.

Considerado o evento mais charmoso do ano com show de Saltos 100% feminino, o Clube Hípico de Santo Amaro (SP), que completa 80 anos de história, recebeu o Campeonato Brasileiro de Amazonas 2015, entre 10 e 13/9. Foram nada menos que 291 inscrições nas quatro séries: Amazonas B, a 1 metro, 81 conjuntos, Amazonas A, 1.10, metro, 85, Amazonas, 1.20 metro, 67, e Amazonas Top, a 1.30 metro, 58, com desenho de percurso e experiência feminina da course-designer internacional Lucia Faria Alegria Simões.

A grande decisão individual aconteceu nesse domingo, 13, em que a chuva deu uma trégua e as bravas amazonas disputaram a terceira e última prova decisiva bastante acirrada em todas as alturas. Na série Amazonas Top, 1.30 metro, seis conjuntos zerados protagonizaram um emocionante desempate. Mas não teve para ninguém: a paranaense Giovanna de Finis Sobania com XK Atomo Clasi, um dos mais premiados conjuntos do circuito nacional, não deu chances às adversárias e sem faltas em 28s72 faturou o bicampeonato brasileiro 2010 e 2015. Quem chegou mais perto foi a amazona top da casa Andrea Guzzo Muniz Ferreira com seu Maloubet Xangô, pista limpa, 29s91.

Mas qual o segredo do sucesso e Giovana e Atomo Clasi ? Curiosamente, Atomo Classi, de 12 anos, é uma cruza de puro sangue inglês e lusitano, rara em cavalos de Salto. “Ele está comigo desde os quatro anos e estamos juntos há oito. Fomos aprendendo juntos – um com o outro – formando um conjunto legal. Acho que já vencemos cerca de 10 mini-GPs no circuito nacional, esse ano foram dois: no Internacional do Curitiba Summer Tour e no Indoor, ambos em Curitiba”, revela Giovana, 26, formada em veterinária, mas que há dois anos passou a montar profissionalmente. “Com certeza, quando estiver na hora do Atomo parar ele vai se aposentar comigo”, garante a premiada amazona. “Agradeço a toda equipe, tratadores, veterinário e principalmente ao Atomo que é um craque!”

Na série Amazonas, 1.20 metro, dois conjuntos sem faltas foram ao desempate pelo ouro e outros dois com apenas 1 ponto por excesso de tempo voltaram para decisão da medalha de bronze. Com mais apresentação perfeita, sem faltas, em 33s92, a super dupla dupla Julia Parente com Utah faturou o tricampeonato consecutivo 2013, 2014 e 2015. Sagrou-se vice-campeã Marina Gindler Corsini / Zeus USP, também por São Paulo, dois derrubes no desempate, em 37s00.

“Estou muito feliz com o tricampeonato. Essa volta teve um gosto especial, pois recentemente sofri uma queda no Brasileiro de Amadores em Brasília. Agradeço ao meu professor André, meus pais, a equipe veterinária, aos tratadores e ao meu gordinho pois sem ele nada seria possível,” enfatiza a Julia, também reverenciado seu craque Utah.

Já na série Amazonas A, 1.10 metro, nada menos que 11 conjuntos sem faltas após a terceira voltaram ao desempate na corrida pelo título e quem levou foi a jovem catarinense Isadora Ghizoni Junckes com CH Fenix sem faltas em 34s48. Sagrou-se vice-campeã a amazona da casa Mariana Moraes de Barros montando SL Bizu que zerou em 34s49.

Finalmente, na sempre concorrida série Amazonas B, a 1 metro, nove conjuntos zerados voltaram para decisão do pódio final, dentre as quais nada menos que sete fizeram mais um percursos sem faltas valendo a melhor aproximação ao tempo ideal de 49 segundos. Em mais um importante resultado do Paraná, a jovem amazona Sandra Chaves Werner com Lady Hannah sagrou-se campeã brasileira com a marca de 49s37, ou seja, 0s37 de aproximação ao tempo ideal. O vice-campeonato foi para o destaque mini-mirim da casa Maria Eduarda Chiste Barbosa com Wendy Cooper, em 49s45, 0s45 de aproximação.

Na disputa por equipes, São Paulo reinou com três ouros a 1, 1.20 e 1.30 metro e as meninas do Paraná foram bronze, a 1.10 metro.

Veja a seguir como ficaram os pódios completos

Final Amazonas Top – 1.30 metro

Campeã Giovanna de Finis Sobania / XK Atomo Clasi – Federação Paranaense de Hipismo – 0 pp – 0/28s72
Vice Andrea Guzzo Muniz Ferreira / Maloubet Xangô – Federação Paulista de Hipismo – 0 pp – 0/29s91
3º Gabriela Placco Dal´Ava / Diamant Z – Federação Paulista de Hipismo – 0pp – 0/30s88
4º Mariana Cassettari / Cehip X-Tra GMS – Federação Catarinense de Hipismo – 0 pp – 0/31s52
5º Manuela Monteiro Rodrigues da Cunha / Fape Code – Federação Hípica da Bahia – 0 pp – 4/32s87
6º Daniela Lemos Castro / Succes du Sartel – Federação Paulista de Hipismo – 0 pp – 10/47s14

Final Amazonas – 1.20 metro

Campeã Julia Parente / Utah – Federação Paulista de Hipismo – 0 pp – 0/33s92
Vice Marina Gindler Corsini / Zeus USP – Federação Paulista de Hipismo – 0 pp – 8/37s00
3º Maite Freitas de Souza Amaral / Azimut Premiere – Federação Paulista de Hipismo – 1 pp – 4/31s43
4º Luiza Padula de Souza Amaral / Traviata – Federação Paulista de Hipismo – 1 pp – 8/32s04
5º Laura Bosquirolli Tigre / K3T – Federação Gaúcha de Esportes Equestres – 4 pp
6º Juliana Castro Lima / Silver Sea 3K – Federação Hípica de Minas Gerais – 4 pp

Final Amador A – 1.10 metro

Campeã Isadora Ghizoni Junckes / CH Fenix – Federação Catarinense de Hipismo – 0 pp – 0/34s48
Vice Mariana Moraes de Barros / SL Bizu – Federação Paulista de Hipismo – 0 pp – 0/34s49
3º Heloisa Schiavon Grainchen Chedid / Dom Rodrigo da Tangará – Federação Paranaense de Hipismo – 0 pp – 0/35s51
4º Lara Cravinhos Berger / Cora do Refúgio – Federação Catarinense de Hipismo – 0 pp – 0/35s95
5º Carolina Gonçalves Barcelos / Katrina – Federação Hípica de Minas Gerais – 0pp – 0/38s58
6º Renata Afonso Scafuro Mantegazza / Casskeni – Federação Catarinense de Hipismo – 0 pp – 0/41s31

Final Amazonas B – 1 metro

Campeã Sandra Chaves Werner / Lady Hannah – Federação Paranaense de Hipismo – 0 pp – 0/49s37 – 0s37 de aproximação
Vice Maria Eduarda Chiste Barbosa / Wendy Cooper – Federação Paulista de Hipismo – 0 pp – 0/49s45 – 0s45 de aproximação
3º Maithe Carolina Gabriel de Lima Marino / Linda – Federação Paulista de Hipismo – 0 pp – 0/48s12 – 0s88 de aproximaçaõ
4º Maithe Carolina Gabriel de Lima Marino / Giorgio do Jacaré – Federação Paulista de Hipismo – 0 pp – 0/50s27 – 1,27 de aproximação
5º Millena Travessini Leme / Pochontas JMen – Federação Catarinense de Hipismo – 0pp – 0/47s13 – 1,87 de aproximação
6º Valentina Ulhoa Sanches Magnabosco / Salamandra Bella Luna – Federação Hípica de Goias – 0 pp – 0/46s68 – 2s32 de aproximação

Resultado completo e vídeos on demand FPHTV

Campeonato Brasileiro de Amazonas – CHSA – 8 a 13/9

Fonte: Assessoria CHSA

You may also read!

Bruno e Marrone, Jorge e Mateus e Leonardo juntos, batem 5 milhões de views 42

Bruno e Marrone, Jorge e Mateus e Leonardo juntos, batem 5 milhões de views

Encontro inédito aconteceu em uma live no YouTube No último domingo (13), o Brasil assistiu mais uma live nessa quarentena,

Read More...
Diego e Arnaldo promovem segunda edição da live De Volta aos Bares 43

Diego e Arnaldo promovem segunda edição da live De Volta aos Bares

Transmissão acontecerá no perfil oficial do YouTube da dupla nesta quinta e trará sucessos de carreiras e modões que

Read More...
"Visita na Roça" recebe a dupla Althair e Alexandre em sua estreia na TV Aparecida 44

“Visita na Roça” recebe a dupla Althair e Alexandre em sua estreia na TV Aparecida

A TV Aparecida, conhecida por valorizar o sertanejo em sua programação, lança mais uma atração do segmento. O "Visita na Roça",

Read More...

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.

Mobile Sliding Menu