Espaço das Américas recebe comemoração de 25 anos de sucesso de Zezé Di Camargo & Luciano

In SHOW e FESTAS
Espaço das Américas recebe comemoração de 25 anos de sucesso de Zezé Di Camargo & Luciano 41

Dupla comemora 25 anos de sucesso no espaço mais nobre de São Paulo nos dias 29 e 30 de abril 

O Espaço das Américas recebe nos dias 29 e 30 de abril Zezé Di Camargo & Luciano.Os dois filhos de Francisco desembarcam na zona oeste da capital paulista, que a cada dia mais se consagra como um dos melhores espaços de shows de São Paulo, para comemorar com duas noites seus 25 anos de carreira muito bem vividos, que renderam à dupla dezenas de sucessos.Além da apresentação no palco, o evento contará com uma exposição de fotos.

 

Na ocasião, será lançado o box “25 ANOS DE SUCESSO”, pela Sony Music, com 26 CDs que contam e cantam os hits que os consagraram. O repertório estará recheado de músicas que passeiam pelas duas décadas e meia de trabalho, contendo hits como “Dou A Vida Por Um Beijo”, “Menina Veneno”, “Você Vai Ver” e “É O Amor”, música que foi o ponto de partida desta trajetória triunfal, entre muitas outras.

 

Sob direção musical de Hélio Bernal, o espetáculo é aberto pela chegada dos irmãos em meio a iluminação com efeitos até o teto do palco, numa megaestrutura, cenografia que traz painéis de LED curvos e fragmentados, escadas e elevadores que se movimentam em efeitos especiais, imagens de videoclipes sincronizadas em algumas canções e iluminação diferenciada e digitalizada, comandada por Vanderlei Carregã. Esse é o contexto que faz da apresentação um espetáculo high-tech, sem perder de vista a emoção que motiva a plateia.

O show tem o formato de mesas e os ingressos estão à venda nas bilheterias do Espaço das Américas ou on line no site da Ticket 360 (https://goo.gl/4nuJzL). Os preços cabem em todos os bolsos e variam entre R$100 e R$340.


Serviço

 

Show: Zezé Di Camargo & Luciano – 25 anos de sucesso

Data: 29 de abril de 2016 (sábado) 

Abertura da casa: 20h30

Início do show: 22h30

Censura: 14 anos

Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)

Capacidade da casa para este evento: 2.172 lugares.

Acesso para deficientes: sim

Ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência) ou Online  https://goo.gl/Mk3XIp  pela Ticket360: (11 2027-0777 )

Formas de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Credito e Debito, Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.

 

Informações Complementares: Não é permitido a entrada de camisas de times de futebol, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcoólicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.

 

Mais informações: www.espacodasamericas.com.br | (11) 3868-5860 (de segunda a sexta das 9h às 19h) 


Show: Zezé Di Camargo & Luciano – 25 anos de sucesso

Data: 30 de abril de 2016 (domingo) 

Abertura da casa: 20h30

Início do show: 22h30

Censura: 14 anos

Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)

Capacidade da casa para este evento: 2.172 lugares.

Acesso para deficientes: sim

Ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência) ou Online  https://goo.gl/w8Vkh0  pela Ticket360: (11 2027-0777 )

Formas de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Credito e Debito, Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.

 

Informações Complementares: Não é permitido a entrada de camisas de times de futebol, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcoólicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.

 

Mais informações: www.espacodasamericas.com.br | (11) 3868-5860 (de segunda a sexta das 9h às 19h) 

 

 

Sobre o Espaço das Américas:

Reinaugurado em 2012, o Espaço das Américas é hoje um dos principais espaços de shows de São Paulo. Com localização de fácil acesso, próximo ao metrô Barra Funda e grandes avenidas, sua estrutura é única, podendo assumir diversos layouts e configurações, pronto para atender diversos tipos de eventos. O Espaço conta com um grande hall de entrada, podendo abrigar mais de mil pessoas. A seguir, há o salão principal com aproximadamente 3.500m² ladeados por cinco telões com projeção frontal. O Espaço conta com ar condicionado, quatro bares, dois camarotes com banheiros exclusivos e quatro confortáveis camarins com sala de estar. Mas não é só: há também o buffet próprio e cozinha industrial para que se possa desenvolver cardápios específicos para cada ocasião. 

Com capacidade total para abrigar mais de 8 mil pessoas, o Espaço das Américas passou por uma grande reforma em 2011 para garantir conforto, bem estar e uma experiência única aos frequentadores. Sua arquitetura contemporânea – combinando perfeitamente com a decoração de interiores, assinada pelo espanhos Carlos Viqueira – traz requinte e sofisticação para atender grandes eventos e acontecimentos. 

A reinauguração do Espaço das Américas foi marcada pelo show de, ninguém menos que o Rei, Roberto Carlos. E logo depois deste acontecimento, o espaço já recebeu os mais diversos e importantes artistas do mundo inteiro. Ivete Sangalo, Armin van Burren, Morrisey, Paralamas do Sucesso, Luan Santana, Slash, Tears For Fear e Titãs são alguns exemplos. 

Responsável pelo Espaço das Américas, o Grupo São Paulo Eventos é reconhecido pela tradição no mercado de entretenimento. Formado por empresários de sucesso e percepção apurada o Grupo também é responsável pela Villa Country e pela Expo Barrafunda.


Sobre Zezé Di Camargo & Luciano :O SHOW


 Eles têm mais de 40 milhões de cópias vendidas. No Brasil, fazem cerca de 140 shows/ano, com público médio de 50 mil pessoas. Fora dele, ganham cada vez mais espaço e fãs no mercado latino. Já conquistaram todos os tipos de prêmios e, com 25 anos de sucesso, a completar dia 19 de abril de 2016, ainda figuram na lista Top5 dos mais tocados nas rádios. O filme que retrata a trajetória da dupla mais consagrada do país, “2 Filhos de Francisco”, completou dez anos em 2015. E mais: segundo a empresa Controle da Concorrência (que monitora a veiculação publicitária), são líderes de campanhas no nosso país. É assim, com um currículo de contar história, que Zezé Di Camargo e Luciano mostram para o público do Espaço das Américas, dias 29 e 30 de abril, o show que resultou no DVD “FLORES EM VIDA”, que dá nome à turnê. O espetáculo tem percorrido o Brasil e alguns países da América do Sul, EUA e Europa, sempre com casas lotadas e ingressos esgotados.

 

 Com concepção de espetáculo moderno, FLORES EM VIDA reúne grandes hits e canções inéditas, primando por megaestrutura, com cenografia que traz painéis de LED curvos e fragmentados, escadas e elevadores que se movimentam em efeitos especiais, imagens de videoclipes sincronizadas a algumas canções e iluminação diferenciada e digitalizada, comandada por Vanderlei Carregã. Esse é o contexto que faz da apresentação um espetáculo high-tech, sem perder de vista a emoção que motiva a plateia da dupla. São 24 músicas, em duas horas de show.

 

Sob direção musical de Hélio Bernal, o espetáculo é aberto pela chegada de Zezé Di Camargo e Luciano em meio a iluminação com efeitos até no teto do palco. Banda a postos, com um repertório pronto para mobilizar e emocionar o público que lhes é fiel há quase 25 anos, reunindo hits que marcam a brilhante história da dupla, como VEM FICAR COMIGO, A FERRO E FOGO, PIOR É TE PERDER, SUFOCADO e TARDE DEMAIS.

 

Os dois irmãos unem então suas vozes na mensagem social que anuncia “O DEFENSOR”, nova canção da dupla, já figurando no Top 10 das músicas mais tocadas hoje no Brasil.  Ainda no que se pode chamar de primeira parte do show vêm: PRA NAO PENSAR EM VOCÊ,  VIVENDO POR VIVER, COMO UM ANJO, SEM MEDO DE SER FELIZ, CADA VOLTA É UM RECOMEÇO

E MENTES TÃO BEM.

 

O coral espontâneo formado pelo público garante ao show alguns de seus momentos mais comoventes, contagiando os artistas, filhos de Francisco e do Brasil. É quando, em momento solo, Zezé Di Camargo mostra a sua versatilidade em “Everything I Do” (de Bryan Adams) e, com o anúncio no telão do Rei Roberto Carlos, cantar brilhamente a italianíssima  “Caruso” (de Lucio Dalla). Já Luciano, com todos os holofotes em sua direção, agita a galera em “Do Seu Lado” de Nando Reis. 

 

É sob esse contexto, que une fãs e ídolos em só plano, que o espetáculo segue com um mix de canções que inclui DO OUTRO LADO / AINDA ONTEM / NOSSO AMOR E OURO. E prepara-se para momento emocionante com a participação de Wanessa Camargo com o pai em THE PRAYER. Neste caso, é melhor ver, ouvir e se embriagar na junção das vozes, que carregam um DNA cheio de sonhos e vitórias.

 

Entre um afago e outro ao público, os dois apostam em mais emoção com os clássico NO DIA QUE EM SAÍ DE CASA e É O AMOR, seguidos de FLORES EM VIDA, VOCÊ VAI VER VER / PÃO DE MEL e  SONHO DE AMOR. E, a despertar plenos pulmões, pelos aclamados versos de “No Dia em que Saí de Casa”, eles se entregam em momento moda de viola sob os acordes de “Saudade Bandida”, “Riozinho”e “A Saudade é uma Estrada longa”. É um espetáculo digno para ser colocado ao alcance dos olhos e ouvidos para ser visto, revisto, dançado e curtido, amém. Divirtam-se!

 

O BOX – 25 ANOS 

DISCOGRAFIA, da bolacha e fita k-7, ao CD, DVD, Blu Ray e Download

1 CD (1991) 464457    
Tratado como “É o Amor”, em razão do hit homônimo, o primeiro disco da dupla trazia ainda “Quem sou eu sem ela”, “Entre ele e eu”, e “Eu te amo”, versão de “And I love her”, dos Beatles, que entrou para a trilha sonora da novela das 7 da Globo “Perigosas Peruas” (1992). Foi a primeira música dos irmãos a integrar uma trilha sonora de novela.
O álbum apresentava também  participações de Fafá de Belém (“Águas passadas”) e Fátima Leão, parceira de Zezé na composição musical (“Pra desbotar a saudade”).
Foi o maior disco de estreia de uma dupla sertaneja, com mais de 1 milhão de cópias vendidas.

2 CD (1992) 476417
Sem perder o fôlego, os irmãos tomaram as rédeas de uma rigorosa seleção musical para manter o sucesso conquistado na estreia e, especialmente, honrar a confiança do público no seu trabalho. Vieram “Coração está em pedaços”, “Muda de vida”, “Cara ou coroa”, e “Coração na contramão”.
Luciano, que havia feito algumas pontas como primeira voz no primeiro LP, ficou responsável por quase metade da canção “Cara ou coroa”, um lado dele que os fãs não conheciam ainda muito bem.
E tinha “Garoto de rua”, início de uma série de canções de cunho social no repertório da dupla.


3 CD (1993) 464435

Na capa do 3º LP, um corte nos cabelos e o visual repaginado de Zezé Di Camargo. Aberto com “Saudade bandida”, o álbum trouxe também “Andorinha Machucada”, “Melhor que antes” e “Faz mais uma vez comigo”, hit que se tornaria indispensável nos shows da dupla, por toda a carreira, ganhando ainda mais de uma regravação ao longo das mais de duas décadas seguintes.
O disco também marca a primeira parceria da dupla com um artista internacional, representado por ninguém menos que Willie Nelson, respeitada grife da música country americana, com “Eu só penso em você”, versão de “Always on my mind”.
O álbum rendeu dois clipes gravados nos Estados Unidos: “Eu só penso em você” e “Melhor que antes”.

4 CD (1994) 476416

Em 1994, ano de eleições, colocaram o dedo na ferida com “Bandido com razão”. Um ano após a Chacina da Candelária, que vitimou menores sem perspectivas, a canção que aborda os jovens esquecidos pelas ruas do país, questionando se a vida no crime não seria mesmo a única saída desses adolescentes. 
Também são desse álbum os hits “Você vai ver”, “Vem cuidar de mim” e “Como um anjo”, além de  “Por amor te deixo ir”, metade solada por Luciano, e “Tente outra vez”, regravação de um grande sucesso de Raul Seixas.

5 CD Espanhol (1994) 476678
Foi também em 1994 que veio o primeiro disco em espanhol, “Camargo & Luciano”, para facilitar a pronúncia nos países de língua hispânica e inglesa. Começava ali uma maratona de viagens ao exteriror, sem jamais deixar o Brasil em segundo plano.  O álbum reunia a nata dos sucessos dos três primeiros anos de carreira, adaptados para o espanhol.
“É o amor” virou “No puedo negar”, “Muda de vida” se transformou em  “Cambia de vida” e “Em mim só dá você” passou a se chamar “Pensando solo en ti”.

6 CD (1995) 479198
O sexto álbum da dupla apresenta uma pegada levemente pop, com canções mais aceleradas que de praxe, até então, no repertório dos irmãos.
E foram reunidos em um mesmo disco os grandes sucessos “Pão de mel”, “No dia em que eu saí de casa”, “Na hora H”, “Vem ficar comigo”, “Sem medo de ser feliz”, “Pedras”, e “Liberdade, Liberdade”.
É desse álbum, também, a regravação de “Menina Veneno”, de Richie, que voltou às paradas de sucesso mais de dez anos após a versão original, com Luciano no vocal. Na avaliação de Zezé, a canção prenunciou uma tendência pop que o gênero sertanejo assimilaria e consolidaria anos depois, no rotulado Sertanejo Universitário.

7 CD (1996) 479367
Para suceder um disco pop, nada mais arrebatador que matar a saudade do DNA da dupla, em sua essência mais romântica. E o sétimo álbum se impõe no topo das vendas, colocando “Indiferença” no topo das músicas mais tocadas do Brasil.
Mas ainda teve mais. O mesmo disco traz “Preciso ser amado”, outro hit. E, na esteira das regravações, sempre feitas com muito critério, a dupla resgatou “Vivendo por viver”, de Roberto Carlos, e consumou daí mais um sucesso naquela temporada.

8 CD (1997) 488343

Uma fita deixada por um compositor na porta do quarto de Zezé Di Camargo em um hotel, no Rio de Janeiro, brindou a dupla com “Cada Volta é Um Recomeço”, composição de Nenéo,  que depois confessou surpresa com a atenção da dupla: ele não tinha muita esperança de que sua composição fosse ouvida.
O álbum ainda trouxe: “Toma juízo”, “É minha vida”, “Hoje eu quero te amar” e “Felicidade, que saudade de você”. E a regravação, com roupagem bem mais sertaneja, de “Serafim e seus filhos”, sucesso dos anos 1970.

9 CD (1998) 492133
Com sete anos de carreira e uma extensa lista de sucessos, era o momento de surgir um novo hino. O disco de 1998 apresentou aos fãs “Dois corações e uma história”, que se não fosse tudo o que representou “É o amor”, poderia ser considerada a grande canção da carreira da dupla.
Vem desse disco também outros dois grandes sucessos que ficaram por anos no set list de shows da dupla: “Pior é te perder” e “Pra não pensar em você”.
E, dando seguimento ao foco social, “Meu país”, aclamando “aqui não falta sol, aqui não falta chuva. A terra faz brotar qualquer somente. Se a mão de Deus protege e molha o nosso chão, por que será que está faltando o pão?”.
10 CD (1999) 492486
Os últimos anos da década de 1990 pediam alguma renovação no perfil predominantemente romântico do gênero sertanejo e prenunciavam os estragos que a pirataria poderia causar à indústria fonográfica.
Daí o reforço da atenção com a escolha do repertório.  O disco trouxe um hit instantâneo, que acabou se tornando a principal música deles no ano: “Pare!”. A canção tomou as rádios e virou bordão.
“Amor selvagem”, “Será que foi saudade?” e “Irresistível” também se impuseram como grandes sucessos, além de “O último dos apaixonados”, com nítida influência das polcas paraguaias.

11 CD (2000) 495606
Pela primeira vez, a dupla reuniria suas canções mais consagradas e as regravaria em novas versões, acompanhadas por uma inédita, no primeiro CD resultado de um show ao vivo.
Não foi tarefa fácil selecionar as canções, em meio a tantos hits conquistados por uma década. O critério levou em conta a distribuição de períodos, pinçando “É o amor”, “Preciso ser amado”, “Como um anjo” e “Dois corações e uma história” entre as eleitas.
A inédita, “Da boca pra fora”, veio a alongar a lista de sucessos da dupla.

12 CD (2000) 495848
A música sertaneja começava a mudar, novas duplas surgiam com certo destaque, e o formato acústico começava a conquistar ouvidos.
De olho nas mudanças, sem perder o fio da meada que os levou até aí, a dupla seguiu sua linha, sem ignorar um novo público.
Daí a boa aceitação de “Tarde demais”, faixa que inaugurava o disco, mesclando pop, ingenuidade e alguma agitação. 
Mas o romantismo não esmorece. E da segunda faixa em diante, temos “Sem você”, “Dou a vida por um beijo” e “Antes de voltar pra casa”, três canções que mantiveram a dupla entre os artistas mais tocados do país.

13 CD (2001) 502581

Do 12º disco dos irmãos goianos, saíram canções como “Nem mais uma dúvida”, “Diz pro meu olhar” e “Pra sempre em mim”, versão de “You Needed Me”, hit dos anos 1970.
Mas ousar, pisando em novos territórios, é preciso e bem-vindo. E  Zezé Di Camargo, fã de “Bella Senz’anima”, colocou sua voz a serviço da bela canção italiana, chamando a atenção do público para seu potencial, em um gênero bastante distinto daquele que lhe era habitual.
O CD ainda apresentou uma regravação de “Meu país”.


14 CD em Espanhol (2001) 502538

Ainda em 2001, quase dez anos depois do primeiro projeto em espanhol, a dupla decidiu mostrar ao mercado latino tudo o que havia feito na última década.
O segundo disco em espanhol tinha ares muito mais latinos que o primeiro, era um CD bem mais adaptado ao que se ouvia lá fora, fruto do amadurecimento musical tanto dos artistas quanto dos profissionais que os acompanhavam nos projetos.
Diferentemente da primeira experiência, dessa vez o nome “Zezé” foi mantido, como no original.
A música “Doy la vida por un beso” abria o disco, que contava também com “Antes de volver a casa”, “Cada vuelta es un comienzo” e “Basta”, versão de “Pare”.

15 CD (2002) 502857
Após o DVD ao vivo e mais uma experiência em espanhol, o disco de 2002 desafiava a dupla a conquistar novos sucessos. E assim foi. “Preciso de um tempo” caiu rapidamente no gosto do público. O álbum trouxe também “A Ferro e Fogo”, que se tornou obrigatória nas apresentações da dupla, e “Sufocado”, versão de “Drowning”, sucesso dos Backstreet Boys, que surpreendeu muita gente.

16 CD (2003) 502970
Diante de novos talentos, novos ouvidos, novas tendências, a dupla soube se colocar mais uma vez com o disco de 2003, com o hit “Pra mudar a minha vida” logo na abertura. Rendeu  clipe estrelado por Juliana Paes, principal estrela da televisão na época,  e a também musa global Vanessa Lóis com o consagrado Lima Duarte. 
Teve ainda a faixa “Nosso amor é ouro”, tema da novela “Cabocla”, “Eu amo”, “Toneladas de paixão”, “Deu ocupado de novo” e a bela regravação de um clássico caipira: “Tristeza do Jeca”.

17 CD (2005) 515679
O CD de 2005 começa e termina com discursos que defendem a música sertaneja.
A primeira faixa, “A minha história”, traz uma poesia recitada por Zezé Di Camargo narrando a sua missão de cantar. A última estrofe do texto diz: “tem gente que não gosta/ fala mal do que não viu/ mas quem critica o que canto/ não conhece o Brasil”.
E, fechando o álbum, tem “Agora aguenta nóis”, um grito exaltando a força dos sertanejos, gravada ao lado de Chrystian e Ralf, Bruno e Marrone, Chitãozinho e Xororó, Leonardo, Daniel, Sérgio Reis e Cleiton e Camargo.
O projeto trazia também “Fera mansa”, tema da personagem de Lúcia Veríssimo na novela “América”, além de “Fui eu”, “Foi” e da quase científica “Átomos.”

18 CD Dois Filhos de Francisco (2005) 725082
Luciano foi uma das principais cabeças por trás do filme “2 filhos de Francisco”, e por um pedido seu, Zezé aceitou cuidar da trilha sonora do projeto. E teve um apoio de peso nesse expediente: Caetano Veloso, com quem dividiu todo o processo musical.
Em vez de um repertório reunindo sucessos da dupla, ficou decidido que seriam escolhidas canções que marcaram a vida dos irmãos, não necessariamente cantadas por eles.
O filme apresentou então uma delicada e irrepreensível interpretação de “É o amor” na brilhante voz de Maria Bethânia, promoveu uma parceria de Zezé Di Camargo e Luciano com o saudoso Antonio Marcos em “Como vai você”, e trouxe Bethânia, mais uma vez, então ao lado do irmão Caetano em uma releitura do clássico “Tristeza do Jeca”.
As belas e ousadas regravações não impediram que a dupla assinasse a grande marca do filme com uma canção do próprio repertório: “No dia em que saí de casa”, afinal, fora gravada por eles dez anos antes, sem a projeção que o filme promoveu para a canção.

19 CD Diferente (2006) 88697013172

Após o estrondoso sucesso do filme, a dupla curtia um momento único. Após 15 anos de estrada, todos os holofotes estavam virados na direção deles por obra das conquistas do “2 filhos de Francisco”. É certo dizer que o longa-metragem de Breno Silveira encantou não só os fãs da dupla, mas lhes trouxe um novo público e o respeito de quem ainda não havia reparado nos dois.
Assim, em 2006, veio o CD “Diferente”, com participações muito especiais: Ivete Sangalo (“Amor que fica”) e Chico Buarque (“Minha história”).
Houve uma mescla de canções em estúdio e ao vivo, como a versão de “Hey Jude” em português, na voz de Luciano, por muito tempo entoada nos shows da dupla.

20 CD (2008) 88697408532
“Os últimos anos foram os mais difíceis da minha vida”. Foi com essa frase que Zezé di Camargo abriu o CD lançado em 2008, dividindo com o público o drama atravessado por problemas nas cordas vocais, como já havia anunciado antes.
Um dos grandes destaques do álbum foi a regravação de “A Distância”, de Roberto Carlos, que, ao fim daquele ano, convidou a dupla para o seu especial anual na Globo para uma parceria em outro sucesso seu, “O Portão”.
O CD trouxe ainda “O que vai ser de nós” e “Não quero te perder”, mais dois sucessos que conquistaram as rádios de todo o país.


21 CD Duplo 1 e 2 (2009) 88697395822 / 88697408532

Em 2009, a dupla decidiu gravar o DVD com um show com exatas duas horas de duração apresentando apenas sucessos. Daí a imagem dos dois com o relógio que fazia parte do cenário do espetáculo.
O DVD “Duas horas de sucesso”, registrado  em São Paulo, rendeu um CD duplo com 24 faixas no total.
O repertório trouxe algumas canções antigas, mas a preferência foi por sucessos relativamente recentes, como “Pra mudar minha vida”, “Não quero te perder”, “Nosso amor é ouro”, “O que vai ser de nós” e “Sufocado”. Isso, sem falar em Beatles, com “Hey Jude”, em português, e uma versão instrumental de “Something”.

22 CD Double Face(2010) 88697713942
Aos 19 anos de uma carreira consolidada por sucessos próprios, por que não regravar outros artistas? Foi o que se deu em “Double Face”, CD duplo com canções antigas revisitadas em um disco e composições inéditas apresentadas em outro.
Zezé Di Camargo e Luciano apostaram alto: escolheram um belo repertório romântico, com ênfase para o período de 1970 a 1990, e regravaram as canções com arranjos próximos aos originais.
Em meio a uma nova geração de música sertaneja que conquistava o país, a dupla teve o disco mais exaltado do ano, o que foi endossado pela premiação do Grammy Latino como melhor álbum de música sertaneja do ano.
Entre as inéditas, a dupla também não deixou a desejar, emplacando “Tapa na cara”, “Apaixonite Aguda” e “Mentes tão bem”.

23 CD (2012) 88697929892
Em 2012, após uma série de lançamentos comemorativos e coletâneas que listavam os maiores sucessos dos 20 anos de carreira, a dupla lançou um disco que trazia “Sonho de amor”, canção relativamente conhecida nos anos 1990, como carro-chefe.
Com 14 canções inéditas (além de “Princesa”, uma faixa-bônus), o disco trouxe também “Sou seu amor e você é a minha vida” e uma releitura de “Labirinto”, sucesso de Chrystian e Ralf.
Outro ponto alto foi a participação de Paula Fernandes na canção “Criação Divina”. Paula e Zezé têm uma relação de parceria em algumas composições de sucesso gravadas por ela.

24 CD Teorias (2013) 88843004772
Em 2013, a dupla experimentou pela primeira vez o formato do EP, um disco com menos canções que um CD padrão. O EP “Teorias” trouxe cinco músicas, com destaque para a faixa que batizou o trabalho. O projeto serviu como aquecimento para o CD completo que viria em seguida, “Teorias de Raul”.
Do “Teorias”, além da faixa-título, faziam parte “Sucesso”, “Anormal”, “O tempo é de nós dois” e “Quando acordo com você”.

25 CD Teorias de Raul (2014) 88843027872
O título do álbum, “Teorias de Raul”, vem de uma das canções do CD e, claro, é uma homenagem a Raul Seixas, de quem Zezé sempre foi fã.  
O disco trouxe as participações de Roupa Nova (“Depende”) e Gusttavo Lima (“Do outro lado da moeda”).
Vem desse álbum  mais uma das canções de cunho social,  “Seca Verde”, que trata da realidade de quem vive às margens do rio São Francisco, ou do “Velho Chico”, como eles cantam na música.
Mas foi “Flores em vida” que dominou o disco. Com pegada bem mais pop que o padrão da dupla, a canção virou um grande sucesso, rendeu clipe e, só para variar, manteve os dois entre os artistas mais tocados do país.

26 CD Flores em Vida (2015) 88875095362
Em janeiro de 2015, o eco do sucesso de “Flores em Vida” gerou um DVD, e a canção deu nome ao novo projeto.
O disco apresentou “Defensor”, canção que aborda a delicada questão de agressão a mulheres, e “Seca Verde”, que havia chamado a atenção no disco anterior – no DVD e nos shows, a música foi contemplada por uma bela introdução narrada por Lima Duarte.
O álbum trouxe uma série de regravações de todas as fases da dupla, como “Saudade Bandida”, “Sem medo de ser feliz”, “É o amor”, “Pra não pensar em você”, “Pior é te perder” e “Mentes tão bem”.
O repertório ainda apresentou dois sucessos internacionais: “Everything I do”, em inglês, hit de Bryan Adams, e a italiana “Caruso”, de Lucio Dalla, entoada com honras por Zezé Di Camargo.

 

 

Assessoria de Imprensa | Espaço das Américas

Fabiana Villela   

Camila Dias 

You may also read!

TV Aparecida faz seleção especial de filmes em comemoração ao mês da Padroeira 42

TV Aparecida faz seleção especial de filmes em comemoração ao mês da Padroeira

Para a primeira quinzena de outubro, a TV Aparecida preparou um pacote de filmes com temática religiosa e mariana. A programação,

Read More...
Gilson e Gabriel gravam DVD em São Paulo 43

Gilson e Gabriel gravam DVD em São Paulo

O estúdio Mosh foi palco da nova produção da dupla Gilson e Gabriel acabam de gravar o primeiro DVD da

Read More...
Claudia Raia é a nova jurada do Talentos da TV Cultura 44

Claudia Raia é a nova jurada do Talentos da TV Cultura

Atriz participa das semifinais do concurso musical, ao lado de Fafy Siqueira, Bruno Fagundes e Alonso Barros, com apresentação

Read More...

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.

Mobile Sliding Menu