LANÇAMENTOS – CATÁLOGO DIGITAL

In MUSICA
LANÇAMENTOS  - CATÁLOGO DIGITAL 41

A Universal Music continua levando para as plataformas digitais mais tesouros para os amantes da música. E o que é melhor: de todos os gêneros, para todos os gostos. 

Três gerações diferentes da música sertaneja marcam presença: João Mineiro & Marciano (com três álbuns), Chitãozinho & Xororó (com a coletânea “Alma Sertaneja”) e Cleiton & Camargo (com dois discos).

 

CHITÃOZINHO & XORORÓ – ALMA SERTANEJA

1

Quando estouraram nacionalmente no final dos anos 1980, Chitãozinho & Xororó já somavam quase duas décadas de carreira. A coletânea “Alma Sertaneja” lança um olhar para o passado da dupla, que tem uma das carreiras mais sólidas do mundo sertanejo. Talvez a mais conhecida do repertório, “Fio de Cabelo” foi lançada em 1982. A faixa “60 Dias Apaixonados”, por sua vez, é de 1979. Já “Daria Tudo Pra Você Ficar Comigo”, composta pelo ídolo Marciano, é de 1974. As mais “recentes” presentes na seleção são “Adeus Solidão” e “O Que Mais Você Quer de Mim”, ambas gravadas em 1989.

Não deixe de ouvir: “Fio de Cabelo”

 

 

 JOÃO MINEIRO & MARCIANO – DOIS APAIXONADOS

2

A dupla João Mineiro & Marciano surgiu no início dos anos 1970, disposta a espalhar romantismo na música interiorana. Nomes que influenciaram várias gerações, de Zezé di Camargo & Luciano a Gusttavo Lima, os músicos cantaram juntos por mais de 20 anos. “Dois Apaixonados”, último álbum da dupla, foi lançado em 1992 e trazia sucessos como “Depois que Amanhece”, composta por Martinha e César Augusto. Das onze faixas do repertório, dez eram assinadas por Marciano (com parceiros diversos), entre as quais “Minha Primeira Vez”, “Chá de Hortelã”, “Ave Ensinada” e “Quando o Amor Domina”. 

Não deixe de ouvir: “Depois que Amanhece”

 

JOÃO MINEIRO & MARCIANO – PRA NÃO PENSAR EM VOCÊ

3A grande novidade do álbum “Pra Não Pensar em Você”, lançado por João Mineiro & Marciano em 1991, foi a inclusão da faixa “Fui Homem Demais”. É que a composição levava a assinatura de Zezé di Camargo, que começava a despontar no cenário sertanejo. Zezé era um dos inúmeros novos artistas do gênero que citavam a veterana dupla como uma grande influência. No repertório do disco, além de músicas do próprio Marciano (como “Não Consigo Esquecer Minha Mulher” e “Você Agora Sou Eu”), destacavam-se “Contando Léguas” (de Moacyr Franco e Guto Franco) e “Como as Ondas do Mar” (de Carlos Colla e Marcos Valle). 

Não deixe de ouvir: “Não Consigo Esquecer Minha Mulher”

 

JOÃO MINEIRO & MARCIANO – TARDE DEMAIS PARA ESQUECER

4Quando o álbum “Tarde Demais para Esquecer” chegou às lojas, em 1990, a música sertaneja já começava a se impor nacionalmente. Tanto que uma das faixas, “Amor Clandestino”, colocou as vozes de João Mineiro & Marciano em uma das principais vitrines do País: a trilha de uma novela das oito. Foi com “Meu Bem Meu Mal”, de Cassiano Gabus Mendes, que eles sentiram o gostinho de serem ouvidos em horário nobre por todo o Brasil. Outros destaques do disco foram “O Rio Corre para o Mar”, dos hitmakers Michael Sullivan e Paulo Massadas, “Só Quem Amou Fui Eu”, de César Augusto com o próprio Marciano, e “Porque Somos Iguais”, “Ninja Guerreira” e “Te Amo, Te Odeio”, todas de Paulo Debétio e Paulinho Resende. A faixa-título era a regravação de um antigo sucesso de Moacyr Franco. 

Não deixe de ouvir: “Porque Somos Iguais”

 

CLEITON & CAMARGO – CLEITON & CAMARGO (1998)

5A dupla Cleiton & Camargo surgiu em meados dos anos 1990, quando a música sertaneja já havia se estabelecido no mercado nacional. Camargo, inclusive, é irmão de Zezé di Camargo & Luciano, uma das primeiras a romperem as barreiras que confinavam o gênero ao interior do País. O álbum lançado por Cleiton & Camargo em 1998 foi um dos mais bem-sucedidos. Entre os destaques, “O Jogo das Paixões”, “Agenda Rabiscada”, “Anjo da Madrugada”, “Traz Ela de Volta” e “Tempero de Amor”. Já “Na Hora de Amar” era uma versão de “Spending My Time”, do duo sueco Roxette. E a faixa “Aonde Tem Rodeio” até hoje anima festas de peão pelo Brasil inteiro.

Não deixe de ouvir: “Anjo da Madrugada”

 

 CLEITON & CAMARGO – PENSE COM O CORAÇÃO

6Com produção do expert César Augusto, o álbum “Pense Com o Coração” foi lançado por Cleiton & Camargo em 1997. O sucesso da faixa de abertura, “Amor por Correspondência”, foi imediato. “Tanto tempo a gente se correspondeu / Um anúncio na revista e tudo aconteceu / E assim você ganhou meu coração / Me escrevendo tantas cartas cheias de paixão (…)”, dizia a letra apaixonada. Com 15 músicas, o disco trazia outros hits, como “Quando Um Grande Amor Se Faz”, uma versão de “Cantare É d´Amore”, do ídolo italiano Amedeo Minghi. As animadas “Hoje Eu Vou Tomar Todas” e “Rodeio de Fogo” também figuravam no repertório.

Não deixe de ouvir: “Amor por Correspondência”

 

 

Universal Music Brasil :: Departamento de Imprensa e Comunicação / PR

 

You may also read!

TV Aparecida faz seleção especial de filmes em comemoração ao mês da Padroeira 42

TV Aparecida faz seleção especial de filmes em comemoração ao mês da Padroeira

Para a primeira quinzena de outubro, a TV Aparecida preparou um pacote de filmes com temática religiosa e mariana. A programação,

Read More...
Gilson e Gabriel gravam DVD em São Paulo 43

Gilson e Gabriel gravam DVD em São Paulo

O estúdio Mosh foi palco da nova produção da dupla Gilson e Gabriel acabam de gravar o primeiro DVD da

Read More...
Claudia Raia é a nova jurada do Talentos da TV Cultura 44

Claudia Raia é a nova jurada do Talentos da TV Cultura

Atriz participa das semifinais do concurso musical, ao lado de Fafy Siqueira, Bruno Fagundes e Alonso Barros, com apresentação

Read More...

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.

Mobile Sliding Menu