Chora Viola!

In MUSICA
Chora Viola! 41

Modernos sim, mas sem perder a tradição! Este é o lema dos ‘dos brutos do Brasil’, Carreiro e Capataz, que chegam a Barretos, terra do sertanejo, para um show na quarta-feira, 21 de agosto. “Para nós é uma felicidade muito grande cantar e tocar em Barretos, a maior festa de peão boiadeiro do mundo! Vocês estão convidados para participar de um grande tributo a música sertaneja. Ansiosos por este show que, sem dúvidas, será histórico”, dizem.

 

Orgulhosos por manterem viva a cultura sertaneja, fazem a viola chorar nos braços da sanfona a cada música lançada.

 

Brutos no ‘jeitão’ de ser, interpretam parte da história fonográfica caipira a cada show realizado. O ‘tributo’, como eles mesmos dizem, além das próprias composições, traz os clássicos imortalizados por artistas que escreveram capítulos importantes na música popular brasileira.

 

Indiscutivelmente o Brasil é sertanejo e Carreiro e Capataz fazem parte do time que levanta da bandeira do segmento, seja através das composições lindamente interpretadas ou no dia a dia: ambos vivem no interior e não se renderam aos grandes centros. A música precisa ser uma verdade e eles levam isso como estilo de vida também.

 

Carreiro e Capataz traduzem a essência do sertanejo raiz, não apenas pelo gosto musical, mas pela história particular entre eles. Nascidos respectivamente em Esmeralda (SP) e Cuiabá (MT), se conheceram por intermédio de um amigo em comum. Pronto! Era o que o destino precisava para unir a viola caipira com as vozes inconfundíveis que o país aprendeu a amar.

 

No repertório, os sucessos que caíram no gosto do povo: ‘Xique Bacanizado’, ‘Bruto, Rústico e Sistemático’, ‘Recém Abandonado’, ‘Prefácio’, ‘É Pra Cabá’, ‘Será que ‘Ocê’ tá Bem’, ‘Promessa’, ‘Quebrou o Frasco’, ‘Estouro da Boiada’, e ‘Sábado a Noite’.

 

A cada show, uma explosão de sentimentos se mistura com a alegria contagiante, transformando a apresentação em uma grande festa! O  resultado, claro, não poderia ser outro: sucesso e casas lotadas!

 

As canções de Carreiro e Capataz estão vivas nos três álbuns lançados: ‘Ainda Mais Brutos'(2014), ‘Lado A Lado B Vol. 2’ (2016) e o mais recente, ‘Sarra Viola'(2018).

 

“Me chamaram pra um tal de sunset
E eu cheguei bem no meu estilão
A moçada toda fumegando
E as muié relando a bunda no chão

Não que eu seja contra esse negócio
Na verdade eu até acho bão
Mas agora tá chegando a hora
E o som da viola é sem comparação”

 

O trecho de ‘Sarra Viola’ revela o lado bem-humorado dos brutos para falar de coisa séria. Mas, o amor e a paixão também são cantados em versos e prosas como em ‘Dona’.

 

E é assim, levando o sertanejo de verdade, que Carreiro e Capataz provaram que era possível ter êxito preservando o segmento que não lhes rendeu apenas o sucesso profissional, mas entregou a cada um deles o amor, a verdade e a vida.

 

Sarra Viola 

 

Bianca Ceará

 

You may also read!

Bruno e Marrone lançam segundo EP do projeto "Último Beijo", que já acumula mais de 60 milhões de streams 42

Bruno e Marrone lançam segundo EP do projeto “Último Beijo”, que já acumula mais de 60 milhões de streams

Dupla lança nesta sexta (07), 5 faixas inéditas com clipes no YouTube Em fevereiro Bruno e Marrone iniciaram os lançamentos

Read More...
Papo com a Faa: Compositor de muitos sucessos, Montenegro comenta sobre as polêmicas de Chrystian e Ralf e Felipe Neto 43

Papo com a Faa: Compositor de muitos sucessos, Montenegro comenta sobre as polêmicas de Chrystian e Ralf e Felipe Neto

O cantor deu sua opinião sobre as últimas polêmicas do universo sertanejo em entrevista com Faa Morena Nesta semana,

Read More...
Marília Mendonça supera Beyoncé em lista de cantoras mães mais ouvidas na Deezer 44

Marília Mendonça supera Beyoncé em lista de cantoras mães mais ouvidas na Deezer

A plataforma de streaming ainda preparou playlists especiais para celebrar o Dias das Mães E não há nada pra comparar

Read More...

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.

Mobile Sliding Menu