Seja Bem Vindo - 19/07/2024 23:50

Milton Nascimento se une a Chitãozinho e Xororó e lançam álbum histórico para a música brasileira

Álbum “Outros cantos” chega nas plataformas digitais no próximo dia 15 de novembro

A riqueza cultural do Brasil faz com que encontros musicais icônicos se tornem um marco na história da música. A união de algumas das maiores vozes dos últimos 60 anos, Milton Nascimento, um dos artistas mais influentes da Música Popular Brasileira reconhecido no mundo, e Chitãozinho e Xororó, considerados “os reis do sertanejo”, se eternizaram no novo álbum “Outros Cantos”, disponível nas plataformas de áudio a partir do dia 15 de novembro. 

Em “Outros Cantos”, o cantor Milton Nascimento e a dupla Chitãozinho e Xororó cantam juntos um repertório especial composto por 7 canções, sendo elas “Seu Bento e Dona Linda”, “A festa”, “Morro velho”, Terra tombada”, “Olhos para te ver”, “Nos bailes da vida” e “Evidências”, contemplando canções que marcaram a carreira de ambos os artistas e canções inéditas. 

“Sempre admirei muito o trabalho feito pelos meus queridos Chitãozinho e Xororó. Tivemos a oportunidade de cantarmos juntos algumas vezes, e todas foram memoráveis. Recebi o convite para gravar com eles no meio da pandemia, quando eu estava absolutamente isolado, e esse projeto soou, desde o início, como um sopro de esperança em um momento tão difícil. Hoje, vendo tudo ganhando forma e chegando para as pessoas, eu só posso dizer que estou muito feliz! E espero que essa felicidade alcance o coração de cada um que tire um tempinho pra escutar o que fizemos”, afirma Milton Nascimento.

“Outros Cantos” é um verdadeiro registro histórico de um dos maiores encontros musicais dos últimos anos. O repertório escolhido em conjunto, ainda teve surpresas. Cada um dos artistas escolheu a sua música preferida do outro: Milton escolheu adicionar ao álbum uma versão especial de “Evidências”, enquanto Chitãozinho e Xororó escolheram “Nos bailes da vida”. A escolha da dupla, a princípio realizada apenas por gostarem da canção, reforçou a inspiração e admiração que sentem pelo ícone da MPB, pois em “Nos bailes da vida”, uma composição de Milton Nascimento com Fernando Brant, há o trecho “Todo artista tem de ir aonde o povo está”, que inspirou o trecho “Disse o poeta / O artista vai onde o povo está”, presente na música “Nascemos para cantar”, um dos maiores sucessos composto por Chitãozinho e Xororó em parceria com Daniel Joseph Moore. 

“A gente ficou tão feliz, que escolhemos incluir no repertório a música “Nos bailes da vida” porque é uma canção que a gente gosta muito. Mas quando a gente canta “Disse o poeta / O artista vai onde o povo está”, na nossa música, o poeta é Milton, um artista que a gente tem um respeito muito grande. É gratificante estarmos juntos agora em um álbum tão especial”, explica Chitãozinho.

“A gente tem uma admiração muito grande pelo Milton Nascimento, é impossível não reconhecer o seu legado e o seu papel na história da música brasileira. Ele é uma lenda! Uma verdadeira entidade da música”, completa Xororó.

Além de reunir as maiores vozes do país, Milton Nascimento e Chitãozinho e Xororó, que também assinam a direção artística ao lado de Augusto Nascimento. “Outros Cantos” contou com a produção e direção musical de Ricardo Gama e colaboração do arranjador Cláudio Paladini. Além do lançamento do novo álbum no dia 15 de novembro, este encontro especial também será eternizado no programa “Som Brasil”, apresentado por Pedro Bial, que será exibido no mesmo dia 15, na TV Globo depois da novela “Todas as flores”, tendo como tema “Milton Nascimento + Chitãozinho e Xororó”. 

FICHA TÉCNICA COMPLETA:

EP “Outros Cantos” Chitãozinho e Xororó + Milton Nascimento 
Direção Executiva: Augusto Nascimento, Guga Pereira e Wilson Anastácio
Produção Executiva: Live Talentos e Nascimento Música
Direção Artística: Chitãozinho e Xororó, Milton Nascimento e Augusto Nascimento
Direção musical: Ricardo Gama 

Músicas:

 EVIDÊNCIAS

Arranjo: Ricardo Gama
Bateria: Junior Lima
Baixo: Alex Mesquita
Violão e guitarra: Vini Nallon
Sanfona: Felipinho Sanfoneiro
Piano e teclados: Ricardo Gama
Arranjo de cordas: Lucas Lima
*Produzida por Ricardo Gama

A FESTA

Arranjo: Ricardo Gama
Bateria: Thiago “Big” Rabello
Baixo: Alex Mesquita
Violões: Adilson Pascoalini
Guitarras: Vini Nallon
Piano e teclados: Ricardo Gama
Arranjo de cordas: Lucas Lima
*Produzida por Ricardo Gama

 SEU BENTO E DONA LINDA 

Arranjo: Ricardo Gama
Bateria- Diego J. Vicente
Baixo- Alex Mesquita
Violões e vocais- Vini Nallon
Piano- Ricardo Gama
Arranjo de cordas: Lucas Lima
*Produzida por Ricardo Gama

TERRA TOMBADA

Arranjo: Ricardo Gama
Bateria- Diego J. Vicente
Baixo- Luizinho Souza
Violões- Vini Nallon
Viola caipira – Xororó
Piano e teclados-Ricardo Gama
Sanfona – Bolinha
Arranjo de cordas: Lucas Lima
*Produzida por Ricardo Gama

 MORRO VELHO

Arranjo: Cláudio Paladini
Bateria:Thiago “Big” Rabello
Baixo: Alex Mesquita
Violões e guitarras: Marcelo Modesto
Piano: Cláudio Paladini
Viola caipira – Xororó
Sanfona: Bolinha
Arranjo de cordas: Lucas Lima
*Produzida por Cláudio Paladini e Ricardo Gama

OLHOS PRA TE VER

Arranjo: Cláudio Paladini
Bateria: Thiago “Big” Rabello
Baixo: Luizinho Souza
Violões e guitarra: Vini Nallon
Piano e teclados: Cláudio Paladini
Sanfona: Bolinha
Viola: Lucas Lima
*Produzida por Cláudio Paladini e Ricardo Gama

NOS BAILES DA VIDA

Arranjo: Ricardo Gama
Bateria: Thiago “Big” Rabello
Baixo: Alex Mesquita
Violão e guitarra: Vini Nallon
Piano e teclados: Ricardo Gama
Arranjo de cordas: Lucas Lima
*Produzida por Ricardo Gama

Vozes do Milton gravadas por Ricardo Gama em Juiz de Fora/MG e Rio de Janeiro/RJ

Vozes de Chitãozinho e Xororó gravadas por Cláudio Paladini em Campinas/SP

Bateria em “Evidências” gravada no “Santo Som Studios”, Sousas/SP por Túlio Airold

Todos os outros instrumentos gravados pelos próprios músicos em seus estúdios.

Cordas gravadas no estúdio “Trama NaCena” em São Paulo/SP 

Engenheiro de som: Ricardo Camera

Assistentes de áudio: Douglas Martins e Caio Laranjeira

Arranjos: Lucas Lima

Violinos: Ricardo Takahashi, Alexandre Xavier da Cunha, Sergei Eleazar de Carvalho, Marcos Scheffel, Daniel Augusto Moreira, Adriano Mello, Otávio Schoss Nicolai e Dorin Tudoras

Violas: Silvio Catto, Daniel Pires e Everton de Souza

Cellos: Joel de Souza e Gustavo Lessa

 Mixado por Ricardo Gama

 Masterizado por Brendan Duffey

Sobre Chitãozinho & Xororó

Reis da música sertaneja, os irmãos atingiram a marca de 40 milhões de discos vendidos, 37 álbuns inéditos, onze DVDs, cinco prêmios Grammy, centenas de discos de ouro, platina e diamante, programas de televisão e uma homenagem da X-9 Paulistana que contou sua história.

A dupla gravou o primeiro disco, “Galopeira”, em 1970, mas o sucesso veio oito anos depois com “60 Dias Apaixonados”, que deu o primeiro disco de ouro. O reconhecimento do grande público veio em 1982 com a música “Fio de Cabelo”, que vendeu mais de 1,5 milhão de cópias. Ao longo da carreira, criaram clássicos como “Se Deus Me Ouvisse”, “Fogão de Lenha”, “No Rancho Fundo”, “Brincar de Ser Feliz”, “Página de Amigos” e “Alô”, entre outros.

Em 2022, os artistas iniciam as comemorações dos 50 anos de carreira, com uma turnê inédita e mundial, além de uma série de projetos que incluem livros, gibi e um quadro especial.

Chitãozinho & Xororó em números

  • Mais de 40 milhões de discos vendidos
  • 37 álbuns inéditos e 11 DVDs
  • Centenas de discos de ouro, platina e diamante
  • Dezenas de prêmios na música, incluindo 6 Grammys
  • Mais de 6 mil shows
  • Público estimado em 100 milhões de pessoas
  • Mais de 100 mil pessoas em um único show
  • 1,8 milhão de vendas em um único disco
  • Mais de 400 músicas gravadas
  • Mais de 70 campanhas publicitárias
  • Envolvimento em mais de 150 projetos de Responsabilidade Social
  • Parcerias com mais de 100 nomes da música nacional e internacional
  • 1982 foi o ano de início do grande sucesso com ‘Fio de Cabelo’

Informações para a imprensa

Novità Comunicação Estratégica – assessoria Chitãozinho & Xororó

Posts Recentes