Seja Bem Vindo - 19/07/2024 23:50

Revelando SP divulga programação de shows com Bruna Viola, 14 Bis com Tuia e muito mais

Maior programa de divulgação e fortalecimento de culturas regionais paulistas acontece entre 16 e 19 de novembro, no Parque da Água Branca

Joanópolis – Comida do lobisomem

Lagoinha – Recanto Caipira

Mairinque – Roda Malu apresenta a queima do alho

Monte Mor – Tradicional cuscuz montemorense

Paraibuna – Rancho Chão Caipira

Paraibuna – Recanto dos Pássaros – Fogado

Pariquera-Açu – Buraco quente

Pedra Bela – Canjiquinha e virado de banana

Piquete – Paçoca artesanal de amendoim

Pirapora do Bom Jesus – Virado de frango, cuscuz caipira e doces artesanais

Redenção da Serra – Banca Batista – Queijos e doces artesanais

Redenção da Serra – Rancho do feijão tropeiro

Registro – Moqueca caiçara

Ribeirão Grande – Rojão do Balaio

São José dos Campos – Rancho do Torresmo – Comida tropeira

São Paulo – Culinária tradicional da Festa do Divino Espírito Santo

Sarapuí – Bolinho de frango

Silveiras – Farofa de içá

Suzano – Virado à paulista

Tarumã – Fazenda Esmeralda – Tradição caipira

Tremembé – Roupa Velha

Culinária sem preparo

Atibaia – Casarão de Atibaia – Doces caseiros

Biritiba Mirim – Biscoitos do Vô Joel

Caçapava – Silvania Laticínios Artesanais – Queijos artesanais, doce de leite, manteiga, iogurte e sorvete

Campinas – Cabanha Campestre 53

Cruzeiro – Doces caseiros

Ferraz de Vasconcelos – Doces caseiros

Guararema – Alambique do Décio

Guaratinguetá – Doces caseiros especiais

Indaiatuba – Doceira Belica – Compotas de laranja-cavalo

Itaoca – Farinha de mandioca

Itapira – Vinhos Canivezi

Monte Alegre do Sul – Cachaças do Circuito das Águas Paulista

Murutinga do Sul – Pesqueiro Sanmurai – Projeto Flores e Sabores – Geleias e drinks de flores sem álcool

Palmital – Compota de frutas regionais

Paraibuna – Bananinha Paraibuna – Bananinhas e paçoquinha

Pariquera-Açu – Licores, doces e geleias

Porto Feliz – Cachaça Porto Brasil – Cachaça, licores e geleia de limão siciliano

Praia Grande – Doces caseiros

Registro – Geleias, doces, vinagre, conservas e licores orgânicos

Registro – Sítio Shimada – Chás e Boobotea 

Santa Fé do Sul – Cachaça Sabor da Estância

Santo Antônio da Alegria – Doces Caseiros Paulinho – Doces de leite e frutas

Santo Antônio do Pinhal – Azeite Rossini

São Paulo – Recanto Magini – Frutas nativas da Mata Atlântica

São Sebastião – Peixe de varal e camarão seco

Socorro – Produtos rurais

Artesanato 

Américo Brasiliense – Brinquedos de madeira

Apiaí – Arte Looze – Artesanato em cerâmica

Apiaí – Arte Nas Mãos – Artesanato em argila

Areias – Mulheres de Fibras – Artesanato em fibra de taboa

Arujá – Escultura em madeira sustentável

Barra do Chapéu – Artesanato em argila

Biritiba Mirim – Entalhe em madeira

Bom Sucesso de Itararé – Artesanato em barro

Bom Sucesso de Itararé – Mãos Que Produzem – Artesanato em barro

Cananéia – Artesanato tradicional de Cananéia

Caraguatatuba – Entalhe em madeira

Caraguatatuba – Trançados em fibras naturais

Carapicuíba – Arte em ferro

Cordeirópolis – Arte em cerâmica

Cravinhos – Da Terra à Mesa – Arte em cerâmica

Cunha – Arte e artesanato

Eldorado – Artesanato quilombola eldoradense

Embu das Artes – Escultura em granito

Guararema – Mosaico artístico

Guarulhos – Artesanato indígena – Etnia Pankararu

Iguape – Vassoura de cipó timbopeva

Iporanga – Arte em cipó

Itaoca – Abrão Mestre Ceramista – Peças utilitárias em argila 

Itapecerica da Serra – Arte indígena Guarani

Itararé – Arte sacra em palha de milho

Itararé – Artesanato em miniatura com cascas de frutas e ovo

Jaú – Arte em retalhos de couro

Jaú – Artesanato em tear de pedal 

Lorena – Bordados e crochê

Mairiporã – Tecelagem em tear manual

Mauá – Conexão Cultural Cigana

Miracatu – ARTEMIRA – Associação dos Amigos de Artes Manuais e Artesanais de Miracatu

Miracatu – Associação BANARTE

Mongaguá – Artesanatos Ara Pyau

Monte Alegre do Sul – Cerâmicas artesanais

Monteiro Lobato – Artesanato em fibra de taboa

Nuporanga – Artesanatos

Ourinhos – A Arte Dos Fios – Tecelagem

Palmital – CB Facas Artesanais

Pedra Bela – Tecelagem com lã de carneiro e fio de algodão

Pedro de Toledo – Clube das Mães

Peruíbe – Aldeia Bananal – Artesanato Tupi

Peruíbe – Aldeia Bananal – Ervas medicinais e artesanato Tupi

Peruíbe – Artesanato indígena Tupi-Guarani

Pindamonhangaba – Arte sacra

Pindamonhangaba – Cavalinhos de pau e bonecas modeladas

Potim – Mãos Que Tecem – Artesanato em fibra de taboa

Presidente Prudente – Bordados da vovó

Ribeirão Branco – Derivados do milho

Ribeirão Grande – Artesanatos de Ribeirão Grande

Sales Oliveira – Artesanato em madeira

Salto de Pirapora – Anguara Quilombo Cafundó

Salto de Pirapora – Artesanato em fibra de taboa

Salto de Pirapora – Estamparia Botânica – Quilombo Cafundó

Santa Fé do Sul – Arte em argila e madeira

Santana de Parnaíba – Artes em papel sobreposto

São José dos Campos – Bordados da vovó, ponto cruz e crochê

São José dos Campos – Brinquedos tradicionais

São Paulo – Indígena Povo Pataxó – Terra Indígena Jaraguá

São Paulo – Resistência Indígena – Contexto Urbano

São Sebastião – Artesanato da Aldeia Indígena Rio Silveiras

Silveiras – Crochê

Taubaté – Associação Casa do Figueiro – Modelagem em argila

Ubatuba – Artesanato caiçara

Ubatuba – Artesanato indígena Guarani

Várzea Paulista – Esculturas em pedra e madeira

Votorantim – Arte sacra

Votorantim – Arte sacra

Exposição

Itanhaém – Tradição cigana

Piquete – Exposição tropeira

Manifestações Culturais

16/11

12h – Mongaguá – Canto e Dança Tupi-Guarani – Aldeia Cerro Korá 

13h – Bernardino de Campos – Dança da Catira e Folia de Reis de Bernardino de Campos

13h30 – Praia Grande – Roberto Petrovich

14h – Pardinho – Grupo Caipiras da Cuesta – Canto e Viola 

14h30 – Itu – Desafio cantado e trovado – Cururu de Itu 

15h – Várzea Paulista – Companhia de Santos Reis Luz Divina 

15h30 – Osasco – Orquestra de Violeiros de Osasco 

16h30 – Cajamar – Gil Carvalho & Sérgio Viola 

17h – Itanhaém – Dança e Música da Tradição Cigana de Itanhaém 

17/11

12h – São Vicente – Coral Nhanderu Rembiguai 

12h30 – Embu das Artes – Adoradores de Santa Cruz de Embu das Artes 

13h – Ribeirão Grande – Grupo de Fandango de Tamanco Cuitelo 

13h30 – Pedra Bela – Paco & Thiago 

14h – Iguape – Grupo Geração Fandangueira do Prelado 

14h30 – Salto de Pirapora – Jongo Turivimba – Quilombo Cafundó 

15h – Itaquaquecetuba – Manifestação cultural do Povo Kaimbé com Canto e dança – Toré

15h30 – Guarulhos – Orquestra de Violeiros Coração da Viola 

17h – Mauá – Conexão Cultural Cigana 

18/11

10h – Itatiba – Orquestra de Violas – Violeiros de Itatiba 

10h30 – Ibiúna – Grupo Dança de São Gonçalo

11h – Piracaia – Catira Serra Azul de Piracaia

11h30 – Embu das Artes – Comunidade Jongo Embu das Artes 

12h – Olímpia – Terno de Congada 

12h30 – Santa Isabel – Moçambique Santa Isabel 

13h – Sorocaba – Companhia de Santos Reis de Vila Formosa 

13h30 – Piracaia – Grupo Folclórico Paulista Caiapós de Piracaia 

14h – Ubatuba – Fandango Caiçara 

14h30 – Lorena – Dança Moçambique com Mestre Bira

15h – Pitangueiras – Orquestra de Violeiros Frutos da Terra 

15h30 – Salesópolis – Moçambique Congo Origens de Salesópolis 

16h30 – São Bento do Sapucaí – Bonecões Zé Pereira

19/11

10h – Biritiba Mirim – Grupo de Moçambique Nossa Senhora do Rosário

10h – Pindamonhangaba – Congada de São Benedito 

10h30 – Atibaia – Cortejo Congada Vermelha de Atibaia 

11h – Lençóis Paulista – Orquestra de Viola e Violão Boca do Sertão

11h30 – Atibaia – Congada Rosa de Atibaia 

12h – Santa Bárbara d’Oeste – Orquestra Barbarense de Violas 

12h30 – Campinas – Tiririca – a capoeira paulista, Mestre Griô Marquinhos Simplício e o Batuque dos Engraxates 

12h30 – Mogi das Cruzes – Congada Santa Efigênia 

13h – Campinas – Folia de Reis – Companhia Ases do Brasil 

13h30 – Cotia – Congada de São Benedito de Cotia 

13h30 – Santa Cruz das Palmeiras – Companhia de Santos Reis Nascimento de Jesus 

14h – Mogi das Cruzes – Congada Batalhão Nossa Senhora Aparecida 

14h – Santa Cruz das Palmeiras – Mamulengos Gigantes da Confraria do Samba 

14h30 – Mogi das Cruzes – Congada Divino Espírito Santo 

15h30 – Caçapava – Quadrilha de Bonecões da Mantiqueira 

16h – Mauá – Grupo Samba Lenço de Mauá 

16h30 – Embu das Artes – Folia de Reis de Embu das Artes 

17h – Campinas – Samba de Bumbo Campineiro Nestão Estevam 

17h30 – Indaiatuba – Companhia de Reis São Francisco de Assis 

Revelando SP – São Paulo, capital

16 a 19 de novembro (quinta a domingo)

Das 10h às 22h

Parque da Água Branca

Av. Francisco Matarazzo, 455

Histórico

O Revelando SP tem como propósito valorizar o patrimônio imaterial paulista. Com mais de 50 edições realizadas em 26 anos, é uma festa que reúne a pluralidade da culinária tradicional, o artesanato, a música e as diversas manifestações da cultura popular regional. O encontro fomenta a troca de experiências, a articulação entre comunidades, a extroversão dos saberes e fazeres e a criação de oportunidades de geração de renda. Os participantes do evento são escolhidos através de chamada pública, na qual os municípios indicam os expositores e artistas que representam suas tradições culturais. 

Desde que passou a ser gerido pela Associação Paulista dos Amigos da Arte, em 2017, o evento mais que triplicou o número de público presente. O evento vem produzindo um impacto econômico superior a R$ 100 milhões, com estimativa de retorno de R$ 24,50 para cada R$ 1,00 investido. A acessibilidade e a sustentabilidade também são marcas do evento, com a aplicação de milhares de metros de piso especial e toneladas de materiais reciclados.

Sobre a Associação Paulista dos Amigos da Arte

A Associação Paulista dos Amigos da Arte, Organização Social de Cultura responsável pela gestão de chamadas públicas – como o Revelando SP, o Circuito SP, entre outros –, do Teatro Sérgio Cardoso e do Teatro de Araras, além do O Mundo do Circo SP, trabalha em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e a iniciativa privada desde 2004.

Música, literatura, dança, teatro, circo e atividades de artes integradas fazem parte da atuação da Amigos da Arte, que tem como objetivo o fomento e a difusão da produção cultural por meio de festivais, programas continuados e da gestão de equipamentos culturais públicos. Em 19 anos de atuação, a Organização desenvolveu cerca de 70 mil ações que impactaram mais de 30 milhões de pessoas.

Imprensa APAA

imprensa@amigosdaarte.org.br

11 3882-8080 ramal 212

Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo

Assessoria de Imprensa (11) 3339-8062 / (11) 3339-8585

(11) 99370-2761 – Plantão

imprensaculturasp@sp.gov.br

Acompanhe a Cultura: Site | Facebook | Instagram | Twitter | LinkedIn | YouTube

Posts Recentes